noticias


20/02/2013 -
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Chineses Geely chegam ao mercado em agosto
 
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Carros virão do Uruguai, mas Grupo Gandini pode erguer fábrica também no Brasil

 

Sedã EC7 1.8 terá preço inicial próximo a R$ 55 mil
A partir de agosto, o Grupo Gandini começa a vender automóveis da marca chinesa Geely. Os carros virão de Montevidéu, Uruguai, onde uma linha de montagem começará a produzi-los no início do segundo semestre. O primeiro Geely a chegar ao Brasil será o sedã médio EC7, com preço inicial estimado em R$ 55 mil. Nos próximos seis meses, a empresa espera ter nomeado cerca de 20 concessionárias, inicialmente nas Regiões Sul e Sudeste.

Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, o empresário José Luiz Gandini (que também importa os modelos Kia) já estuda a montagem de modelos Geely no Brasil e teria sondado Bahia, São Paulo e Santa Catarina como prováveis locais para a futura fábrica.

Em novembro, as revendas Geely brasileiras receberão o hatch LC 1.0, com preço ao redor de R$ 35 mil. "Antes do projeto Uruguai, os Geely vindos direto da China estavam inviabilizados, já que os modelos competem diretamente com outros importados e nacionais das mesmas categorias", afirma o presidente da Geely Motors do Brasil, Ivan Fonseca e Silva.

A Geely inicia suas operações para o mercado nacional 20 meses após a assinatura do contrato de representação entre o Grupo Gandini e a Geely International Corporation, ocorrida em junho de 2011. O atraso ocorreu porque em setembro daquele ano o governo elevou em 30 pontos porcentuais a o Imposto sobre Produtos Industrializados para modelos vindos de fora do Mercosul e do México.

O sedã EC7 emprega um motor 1.8 de 140 cv equipado com câmbio manual de cinco marchas ou automático do tipo CVT, sigla em inglês para transmissão continuamente variável (que substitui parte das engrenagens por polias). O motor 1.0 do hatch LC produz 68 cavalos. Os dois carros têm ar-condicionado, direção elétrica, trio elétrico, airbags e ABS, entre outros itens de conforto e segurança.

Segundo Ivan Fonseca, a Geely Motors do Brasil prevê a venda de 360 unidades/mês do sedã e 420 do hatch.
 
Fonte: http://www.automotivebusiness.com.br


Comentários


Nenhum comentário no momento!



Cadastre o seu comentário
 
Titulo:
Nome:
Email:
 
Comentário

(0 / 1000)
Receber comentários por email:
 
 



Voltar

 


RH AUTOMOTIVE
contato@rhautomotive.com.br (11) 9-9208-9621 (WhatsApp) | (11) 3777-3906
RH AUTOMOTIVE - todos os direitos reservados | Desenvolvimento