noticias


24/03/2014 -
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Volkswagen eleva investimento a R$ 10 bilhões.
 
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

A Volkwagen ajustou novamente para cima o seu programa de investimento no Brasil. A empresa confirmou um novo ciclo: os aportes de R$ 9,2 bilhões programados para o período 2012-2016 foram elevados para R$ 10 bilhões (? 3,6 bilhões) a serem aplicados de 2014 a 2018. O anúncio foi feito de forma discreta na sexta-feira, 21, durante visita de uma delegação econômica de 50 membros à fábrica da Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP), que incluía Stephan Weil, presidente do Conselho Federal da Alemanha e governador do Estado da Baixa-Saxônia (sócio da VW), e Michael Macht, membro da diretoria do grupo responsável por produção e pela região da América do Sul.

"O Brasil é e permanecerá um alicerce fundamental da estratégia do Grupo Volkswagen, que até 2018 investirá ? 3,6 bilhões em novos produtos e tecnologias no Brasil. Um dos focos será uma produção ainda mais sustentável em nossas fábricas no País", disse Macht em comunicado divulgado pela Volkswagen. "O programa de investimento acentua a nossa confiança no mercado brasileiro. Estamos avançando com a modernização da nossa linha de produtos com o objetivo de atender cada vez mais às exigências dos consumidores brasileiros", declarou na mesma nota Thomas Schmall, presidente da Volkswagen do Brasil. 

Neste novo ciclo, a Volkswagen elevou sua média de investimento anual no País de R$ 1,84 bilhão para R$ 2 bilhões. Contudo, se for descontada a influência cambial, o montante em euros permanece praticamente igual, em cerca de ? 720 milhões por ano. Isso porque na época do primeiro anúncio, em 2011, o euro foi cotado a R$ 2,55, que ao dividir R$ 9,2 bilhões resultam em ? 3,6 bilhões. É o mesmo valor do investimento atual, mas desta vez com o câmbio a R$ 2,78 por euro, o que resulta nos R$ 10 bilhões. 

A Volkswagen já havia elevado o programa 2012-2016 de R$ 8,7 bilhões para R$ 9,2 bilhões, quando anunciou, no ano passado, aporte adicional de R$ 520 milhões para fabricar a sétima geração do Golf em São José dos Pinhais (PR), a partir de 2015. Este valor, agora, foi incorporado ao novo ciclo 2014-2018. 

Do programa anterior, a Volkswagen já divulgou dispêndios de R$ 2,22 bilhões. Foram gastos R$ 1,2 bilhão na nova linha de produção do Up! em Taubaté (SP), unidade que também recebeu R$ 428 milhões para ampliar e modernizar a área de pintura. Além disso, a empresa aportou R$ 335 milhões na fábrica de motores de São Carlos (SP), para produzir o novo motor EA 211 1.0 de três cilindros com bloco e cabeçote de alumínio, que atualmente equipa o Fox Bluemotion e o Up!. Em São Bernardo do Campo (SP), a linha de armação de carroceria da nova Saveiro custou R$ 250 milhões. Outros R$ 10 milhões foram investidos para agregar novas tecnologias à planta da Anchieta.

Fonte: Automotive Business



Comentários


Nenhum comentário no momento!



Cadastre o seu comentário
 
Titulo:
Nome:
Email:
 
Comentário

(0 / 1000)
Receber comentários por email:
 
 



Voltar

 


RH AUTOMOTIVE
contato@rhautomotive.com.br (11) 9-9208-9621 (WhatsApp) | (11) 3777-3906
RH AUTOMOTIVE - todos os direitos reservados | Desenvolvimento