noticias


04/02/2015 -
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
General Motors abre PDV em São Caetano e em São José.
 
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

 

General Motors anunciou Programa de Demissão Voluntária (PDV) para duas fábricas paulistas, em São José dos Campos e em São Caetano do Sul. A companhia não divulga a meta da iniciativa, apenas detalha que o programa foi aberto na segunda-feira, 2, e funcionará até 10 de fevereiro. O esforço para reduzir o número de trabalhadores nas plantas acontece logo após o aniversário de 90 anos no Brasil (leia aqui). 


A companhia segue a onda de montadoras que promovem cortes na produção para adequar o ritmo da fábrica à demanda. As vendas de veículos encerraram 2014 com forte contração, de 7,1%. Apesar de a Anfavea, entidade dos fabricantes de veículos, esperar estabilidade para este ano, janeiro terminou com nova baixa nos emplacamentos, de 18,6% na comparação com o mesmo mês de 2014. 

O Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região enfatizou ser contrário ao PDV anunciado pela GM, já que o objetivo final é cortar vagas. "As montadoras estão se utilizando do atual momento econômico do país para fechar postos de trabalho, apesar de todos os benefícios fiscais recebidos nos últimos anos do governo federal", apontou a entidade em comunicado.

A organização reivindica que a presidente Dilma Rousseff assine medida provisória para garantir estabilidade no emprego aos funcionários de empresas que receberam isenções fiscais. Outra iniciativa defendida pelo sindicato é a redução da jornada de trabalho para 36 horas semanais com a manutenção dos salários e direitos.

A General Motors vem desacelerando o ritmo de suas plantas há alguns meses. Cem funcionários da unidade de São Caetano cumprem suspensão temporária do contrato de trabalho (layoff) desde 19 de janeiro até 9 de abril. Outro afastamento afeta a mesma unidade, envolvendo 850 trabalhadores, que estão em casa desde novembro e devem voltar a trabalhar em maio. Na planta de São José dos Campos mais 930 colaboradores estão em layoff desde setembro até 7 de fevereiro.

A companhia não detalha quantos funcionários trabalham em cada um de seus complexos industriais, apenas aponta empregar perto de 21 mil pessoas em sua operação nacional. A fábrica da companhia em São Caetano produz atualmente o Cruze em versões sedã e hatch, Spin, Cobalt e Montana. Na unidade de São José são feitos os modelos S10 e Trailblazer, além de motores e transmissões.

 

FONTE - AUTOMOTIVE BUSINESS



Comentários


Nenhum comentário no momento!



Cadastre o seu comentário
 
Titulo:
Nome:
Email:
 
Comentário

(0 / 1000)
Receber comentários por email:
 
 



Voltar

 


RH AUTOMOTIVE
contato@rhautomotive.com.br (11) 2384-1036 | (11) 3777-3906
RH AUTOMOTIVE - todos os direitos reservados | Desenvolvimento