noticias


09/03/2015 -
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Case Construction investe US$ 10 mi em produtos.
 
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Case Construction apresentou três produtos no centro de treinamento da CNH Industrial, em Sorocaba (SP). A empresa desenvolveu no Brasil a nova escavadeira hidráulica CX220C e a versão XR da pá carregadeira 721E. Também passa a oferecer o opcional Machine Control. Já utilizado nos Estados Unidos e Europa, o item agora é aplicável ao mercado brasileiro em motoniveladoras e escavadeiras do grupo.

"Somando o desenvolvimento dos produtos e as mudanças na fábrica foram gastos US$ 10 milhões", afirma o vice-presidente da Case Construction Latin America, Roque Reis. Segundo a companhia, os novos tratores de esteiras (veja 
aqui) também receberam parte desse investimento. 

A nova escavadeira hidráulica utiliza motor de 145 cavalos e recebeu uma cabine maior. Resultou em aumento de visibilidade, redução do ruído interno e vibração. O habitáculo tem as certificações Rops e Fops, que garantem segurança para o operador em caso de tombamento e queda de objetos. 

A máquina também traz câmera de ré opcional integrada ao painel digital, com tela de cristal líquido. O novo assento recebeu suspensão pneumática. "O mercado de escavadeiras de 20 a 21 toneladas teve 2,7 mil unidades em 2014. Destas, 8% eram Case. Com a nova opção deveremos passar a 10%", acredita Reis. 

NOVA PÁ, IDEAL PARA CARREGAR VAGÕES E CAMINHÕES 

A nova versão XR da pá carregadeira 712E recebeu braço mais longo. Com ele, a altura de descarga passou de 3,98 para 4,37 metros, um ganho de quase 40 centímetros. "Ela é ideal para carregamento de vagões, caminhões e resulta em ciclos 20% mais rápidos e economia de combustível de 15%", diz o diretor comercial, Carlos França. A capacidade de carga, porém, é 11% menor. A pá carregadeira tem motor de 183 cavalos. O peso operacional é de 14,2 toneladas. "Em 2014 o mercado de pás carregadeiras de três a quatro jardas cúbicas teve 668 unidades vendidas, das quais 13,5% eram Case. Com a nova versão esperamos passar a 17% do segmento", espera Reis. 

MACHINE CONTROL

Capaz de determinar a profundidade ideal para o corte do terreno ou ângulo de ataque da caçamba para remoção de material, o opcional Machine Control pode trazer ganho de produtividade até 60%, segundo a companhia. "Automatizando o controle da lâmina para as motoniveladoras, a qualidade de cada passada da máquina pelo terreno é muito maior. A máquina retira e distribui o material de forma mais eficiente e precisa", afirma França. 

O opcional realiza as medições a partir de um feixe de laser de alta precisão e depois ajusta automaticamente a lâmina da motoniveladora. Para as escavadeiras hidráulicas, o equipamento não faz o ajuste automático, mas oferece uma série de sinais: com um painel digital e um display de LEDs, que também emitem alertas sonoros, o operador recebe as referências para alcançar a melhor posição da caçamba e realizar o trabalho proposto. O sistema também estará disponível para os tratores de esteiras que chegam em maio. 

 

Nova versão XR da pá carregadeira tem altura máxima de descarga de 4,37 metros. Opcional Machine Control aumenta produtividade de motoniveladoras e escavadeiras. Também estará nos novos tratores Case de esteiras.

 

MERCADO MENOR EM 2015

O mercado de máquinas de construção em 2014 foi de 25,4 mil unidades, das quais 3,3 mil foram adquiridas pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Os números são da AEM, associação que reúne fabricantes do setor. A projeção para este ano é de 21 mil máquinas no total. Segundo Roque Reis, a CNH Industrial espera vender 6,5 mil máquinas de construção, 3,5 mil da Case e 3 mil da New Holland.

 

FONTE : AB



Comentários


Nenhum comentário no momento!



Cadastre o seu comentário
 
Titulo:
Nome:
Email:
 
Comentário

(0 / 1000)
Receber comentários por email:
 
 



Voltar

 


RH AUTOMOTIVE
contato@rhautomotive.com.br (11) 2384-1036 | (11) 3777-3906
RH AUTOMOTIVE - todos os direitos reservados | Desenvolvimento