noticias


14/05/2015 -
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Mercedes cresce mais de 30% no 1º quadrimestre.
 
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Mercedes-Benz comemora a venda de mais de 4,2 mil automóveis no primeiro quadrimestre de 2015, registrando alta de 31% sobre o mesmo período do ano passado. Só em abril foram quase 2 mil carros emplacados, 62% acima do registrado em igual mês de 2014. O resultado é devido principalmente aos bons números do Classe C e do GLA, que serão montados no Brasil em 2016.

O GLA foi lançado em setembro de 2014, ganhou novas versões em abril e é a aposta da Mercedes para ultrapassar Audi (5 mil unidades de janeiro a abril) e BMW (4,7 mil) e tornar-se a número 1 entre as marcas de luxo: "Será em 2016. Há pouco tempo não tínhamos um utilitário esportivo pequeno para concorrer com o BMW X1 e o Audi Q3", recorda o diretor-geral de automóveis, Dimitris Psillakis, referindo-se ao GLA.

"Até o fim deste ano, o GLA terá volume de venda semelhante ao do Classe C", calcula o executivo, que no segundo semestre será o presidente e CEO da Mercedes na Coreia do Sul. A aposta de Psillakis no crescimento vem também da ampliação do número de revendas, que de 2012 até agora saltou de 34 para 47 e no fim deste ano passará das 55.

A marca estará em novas cidades e algumas praças terão um segundo ponto de venda. Só no Estado de São Paulo haverá 21 lojas até o fim do ano, 11 delas na capital. A ampliação é necessária para absorver a produção em Iracemápolis (SP), que começa em fevereiro de 2016 com o Classe C. "A montagem local do GLA terá início no segundo semestre do ano que vem", afirma Psillakis.

A ampliação dos pontos de venda vem acompanhada de uma nova aparência para as concessionárias. O azul dará lugar ao preto e muda também a tipologia (desenho das letras) como forma de rejuvenescer a marca. 

Outro ponto destacado pelo diretor-geral são os planos fechados de manutenção de dois a cinco anos: "Nestes primeiros quatro meses, considerando os modelos de maior volume, 24% dos compradores adquiriram pacotes desse tipo", afirma Psillakis. 

SETE LANÇAMENTOS ATÉ O FIM DE 2015

Os lançamentos também serão utilizados como forma de ampliar as vendas da Mercedes-Benz. "Com a chegada no fim do ano do novo GLK, nenhum produto terá mais de dois anos", afirma o diretor-geral. Ainda em 2015 haverá sete novos modelos.

Três deles serão lançados na próxima semana: C63 AMG, S63 cupê e AMG GT. Este último custará R$ 855 mil. Os outros preços ainda não foram informados. O C63, mais acessível dos três, deve ter tabela acima dos R$ 500 mil. 

Sobre a fábrica de Iracemápolis, o executivo informou que ainda há tratativas com fornecedores de componentes e admitiu que a produção usará carrocerias já pintadas e importadas num primeiro momento. Psillakis chamou de "erro" o fato de ainda não haver um motor Mercedes flex, mas também não disse quando eles chegam. Revela apenas que o primeiro será 1.6.

 

FONTE: AB



Comentários


Nenhum comentário no momento!



Cadastre o seu comentário
 
Titulo:
Nome:
Email:
 
Comentário

(0 / 1000)
Receber comentários por email:
 
 



Voltar

 


RH AUTOMOTIVE
contato@rhautomotive.com.br (11) 2384-1036 | (11) 3777-3906
RH AUTOMOTIVE - todos os direitos reservados | Desenvolvimento